Sob o Olho Avatárico

08-09-2015 19:52

Sob  o olho Avatárico

Jesus e Maria Madalena foram avatares da Nova Era, trazidos à Terra para cumprirem os desígnios do Pai e da Mãe. Praticavam a alquimia do tantra sexual. Tiveram filhos, sendo Sara portadora de códigos genéticos sagrados, a linhagem Real.

Maria Magdala trazia em Si o Legado de Jesus (ensinamentos e mensagem) e o Poder da Mãe, o poder do Espirito Santo, a sagrada energia feminina e assim os escritos sagrados. Seguidora dos ensinos sagrados da Mãe, fundou a escola Flor de LYS, manifestada em França, plasmando a energia dévica e o sagrado feminino, que mais tarde daria origem às deusas de Avalon.

Jesus não morreu na cruz, tendo mais tarde sido auxiliado e deslocado para outros países para se proteger dos romanos, pois era perseguido. Maria Magdala e Jesus tiveram que se separar por questões de segurança. Sara foi com sua mãe.

Sara voltou a encarnar com energia celta e confronta os romanos.

Nesta encarnação volta como Vitória, filha de Jesus e Maria Madalena nos planos superiores e que em seu Ser traz os códigos sagrados, a chave e a Filha.

Esta nação lusitana recebe então, através de seu Ser, trabalho e silêncio consciente (cerca de vinte anos) a condução, o ensinamento - a eminente aceleração cósmica que é necessária para se cumprir a tarefa sagrada de Portugal no mundo.

Missão planetária para a qual todos são chamados,  todos são necessários para a concretização do plano divino de Ascensão da Terra. Este propósito divino sem dogmas e sem religiões concretiza-se vinculado à expansão e liberdade da consciência, à luz e ao amor Diamantino, materializando-se por testemunho do amor feminino (tanto no homem como na mulher).

Vitória facilita os estágios do caminho para o despertar de consciência, ensinando e ativando a câmara secreta de todos os que toca, ativando as suas codificações para que se tornem pilares de fogo, na energia de Cristo; para que sejam um Santo Graal *, e seja possível a contribuição de todos, no coletivo, para a missão Portuguesa Sagrada e o resgate planetário.

Caminha para um Ser Avatárico e afirma ”Um conjunto de seres divinos de alta frequência, radiação e consciência formam uma energia avatárica”.

Apela ao silêncio, ao verdadeiro contacto no silêncio, à meditação, para dispersar as ações descontroladas e negativas relativas ao desejo, à ansiedade, à ignorância e se aceda à harmonização da consciência do Ser e a ligação ao cosmos.

Pilar da nação sacerdotal portuguesa, emana no seu colo o fogo branco do Espirito Santo.

Muito amada, reconhecida  e respeitada por  muitos, deve ser protegida e velada por todos os sacerdotes, sacerdotisas, cavaleiros, templários , argonautas... por todos aqueles que levam a cabo a missão planetária e/ou nacional da ascensão da Terra a pedido e comando do Pai e da Mãe.

Que todos os que sentem o chamado à União e à Verdade dos comandos divinos, com clareza e pureza de propósito, em Amor: ouçam, vibrem e respondam ao som da trompeta da glória de Deus Pai e Mãe e rejubilem na alegria… e que todos juntos possamos ser a Voz do Sopro Sagrado.

Pela espada de Miguel,

Gratidão

 

*Santo Graal, entendido como linhagem familiar (Jesus e Maria Magdala) e como códigos sagrados dos mesmos quando ativados em cada um de nós na chama trina.